Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Ferramenta Local MailingNet Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | Target | 19/12/2013 16:59:05 | 208 Acessos
Hospital do Coração alerta para a importância do check-up preventivo para o início de 2014

Medida pode prevenir doenças e garantir um ano ainda mais saudável; no HCor, busca por exames de prevenção aumentam 30% entre janeiro e fevereiro


Sempre que um novo ano se aproxima, é comum fazer planos de cuidar melhor da saúde. Mas para que tudo corra bem, a melhor alternativa ainda é começar passando por um check-up preventivo para avaliar as condições do corpo e evitar que algum eventual problema se agrave. “Entre os meses de janeiro e fevereiro a busca por check-ups em nosso hospital cresce 30%”, diz o Dr. César Jardim, cardiologista e responsável pelo Clinic Check-up HCor.


Por meio de sua equipe multidisciplinar, o Clinic Check-up do HCor estabelece diversas avaliações com o intuito de identificar eventuais doenças e seus possíveis fatores de risco - baseado em dados clínicos e achados de exames. São pesquisadas doenças frequentes e clinicamente importantes com impacto na saúde e na qualidade de vida, como tumores, doenças cardiovasculares, metabólicas e infecciosas. "Controlando os fatores de risco e tendo uma vida saudável, com alimentação equilibrada e exercícios adequados, é possível reduzir em 90% o risco de infarto", explica o Dr. Jardim.


Para isso, o serviço conta com uma equipe multidisciplinar composta por cardiologistas, urologistas, ginecologistas, fisiatras, dermatologistas, oftalmologistas, proctologistas e nutricionistas. “O check-up preventivo é caracterizado por ser um apanhado de exames e avaliações físicas que, juntos, identificam as condições clínica e física dos pacientes, além de auxiliar na detecção precoce de certas patologias. Homens e mulheres com idade superior a 30 anos são aconselhados a fazer pelo menos uma vez ao ano esse tipo de check-up”, diz o cardiologista.


Segundo o especialista, as mulheres são as mais preocupadas com a questão preventiva, mas os homens estão se conscientizando cada vez mais sobre a importância do check-up. "Outro fato curioso é que o número de check-ups aumenta cerca de 30% nos meses de janeiro e fevereiro, provenientes das "promessas" de final de ano em que as pessoas projetam novas atitudes, planos e inserem hábitos mais saudáveis em suas rotinas", esclarece o Dr. Jardim.


Cuidando do coração em 2014:


No que diz respeito às doenças cardiovasculares, além da identificação e controle dos fatores de risco, o HCor conta com o ecocardiograma tridimensional e angiotomografia de artérias coronárias, no qual pode identificar a concentração de cálcio nesses vasos e a presença de placas de aterosclerose, além de ressonância magnética e tomografia computadorizada do coração. “Também são feitas orientações nutricionais para reeducação alimentar, para atividade física, pois é evidente que cada um de nós tem sua parcela de responsabilidade, já que algumas medidas preventivas estão relacionadas diretamente aos nossos hábitos de vida”, alerta o cardiologista.
A importância da medicina preventiva:


A medicina preventiva tem merecido cada vez mais espaço, visto que nos últimos anos os exames têm se tornado menos invasivos e muito mais precisos. Uma das áreas que teve maior ganho foi a oncologia com o equipamento PET/CT (Positron Emission Tomograph), que pode detectar focos pequenos de células cancerígenas. Além disso, com a popularização da mamografia de alta definição, que diagnostica tumores de até meio milímetro, conseguiu-se reduzir em 30% o número de casos fatais.


Com o mesmo princípio, de forma simples, a urologia, por meio da dosagem de PSA (Antígeno Prostático Específico) no sangue e toque retal consegue detectar câncer de próstata de forma precoce e cura em torno de 90% dos casos.


Segundo o cardiologista, entre as doenças cardiovasculares, a principal é a aterosclerose, que provoca deposição de gordura e entupimento de artérias do corpo humano, causando o infarto do miocárdio e o acidente vascular cerebral (derrame), além da insuficiência renal e a doença vascular periférica, entre outras. Para o aparecimento da doença é necessária a presença de fatores de risco, como tabagismo, obesidade, hipertensão arterial, colesterol elevado e diabetes. “Se controlarmos os fatores de risco, e a isto aliarmos uma vida saudável, com alimentação regrada (não significa sem sabor) e exercícios adequados, reduziremos em 90% o risco do aparecimento do infarto”, finaliza Dr. Jardim.


Informações para a imprensa:
Target Estratégia em Comunicação
Assessoria de Imprensa do HCor – Hospital do Coração
Bruno Folli/ Thaís Souzza/ Ricardo Costa/ Karina Klinger
Tel: (11) 3063-0477
bruno@targetsp.com.br / thais@targetsp.com.br / ricardo@targetsp.com.br/ karina@targetsp.com.br

Compartilhar
Sala de imprensa Target
Empresa TARGET ASSESSORIA DE COMUNIC. S/C LTDA.
Contato Ricardo Costa
E-mail ricardo@targetsp.com.br Fone (011) 30630477
Editoria (s) Saúde
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
Não há Conteúdos relacionados.
Não há Tag's relacionadas.
busca avançada
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Monitor
Prêmios
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta