Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Ferramenta Local MailingNet Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | Target | 19/12/2013 16:59:05 | 162 Acessos
Hospital do Coração alerta para a importância do check-up preventivo para o início de 2014

Medida pode prevenir doenças e garantir um ano ainda mais saudável; no HCor, busca por exames de prevenção aumentam 30% entre janeiro e fevereiro


Sempre que um novo ano se aproxima, é comum fazer planos de cuidar melhor da saúde. Mas para que tudo corra bem, a melhor alternativa ainda é começar passando por um check-up preventivo para avaliar as condições do corpo e evitar que algum eventual problema se agrave. “Entre os meses de janeiro e fevereiro a busca por check-ups em nosso hospital cresce 30%”, diz o Dr. César Jardim, cardiologista e responsável pelo Clinic Check-up HCor.


Por meio de sua equipe multidisciplinar, o Clinic Check-up do HCor estabelece diversas avaliações com o intuito de identificar eventuais doenças e seus possíveis fatores de risco - baseado em dados clínicos e achados de exames. São pesquisadas doenças frequentes e clinicamente importantes com impacto na saúde e na qualidade de vida, como tumores, doenças cardiovasculares, metabólicas e infecciosas. "Controlando os fatores de risco e tendo uma vida saudável, com alimentação equilibrada e exercícios adequados, é possível reduzir em 90% o risco de infarto", explica o Dr. Jardim.


Para isso, o serviço conta com uma equipe multidisciplinar composta por cardiologistas, urologistas, ginecologistas, fisiatras, dermatologistas, oftalmologistas, proctologistas e nutricionistas. “O check-up preventivo é caracterizado por ser um apanhado de exames e avaliações físicas que, juntos, identificam as condições clínica e física dos pacientes, além de auxiliar na detecção precoce de certas patologias. Homens e mulheres com idade superior a 30 anos são aconselhados a fazer pelo menos uma vez ao ano esse tipo de check-up”, diz o cardiologista.


Segundo o especialista, as mulheres são as mais preocupadas com a questão preventiva, mas os homens estão se conscientizando cada vez mais sobre a importância do check-up. "Outro fato curioso é que o número de check-ups aumenta cerca de 30% nos meses de janeiro e fevereiro, provenientes das "promessas" de final de ano em que as pessoas projetam novas atitudes, planos e inserem hábitos mais saudáveis em suas rotinas", esclarece o Dr. Jardim.


Cuidando do coração em 2014:


No que diz respeito às doenças cardiovasculares, além da identificação e controle dos fatores de risco, o HCor conta com o ecocardiograma tridimensional e angiotomografia de artérias coronárias, no qual pode identificar a concentração de cálcio nesses vasos e a presença de placas de aterosclerose, além de ressonância magnética e tomografia computadorizada do coração. “Também são feitas orientações nutricionais para reeducação alimentar, para atividade física, pois é evidente que cada um de nós tem sua parcela de responsabilidade, já que algumas medidas preventivas estão relacionadas diretamente aos nossos hábitos de vida”, alerta o cardiologista.
A importância da medicina preventiva:


A medicina preventiva tem merecido cada vez mais espaço, visto que nos últimos anos os exames têm se tornado menos invasivos e muito mais precisos. Uma das áreas que teve maior ganho foi a oncologia com o equipamento PET/CT (Positron Emission Tomograph), que pode detectar focos pequenos de células cancerígenas. Além disso, com a popularização da mamografia de alta definição, que diagnostica tumores de até meio milímetro, conseguiu-se reduzir em 30% o número de casos fatais.


Com o mesmo princípio, de forma simples, a urologia, por meio da dosagem de PSA (Antígeno Prostático Específico) no sangue e toque retal consegue detectar câncer de próstata de forma precoce e cura em torno de 90% dos casos.


Segundo o cardiologista, entre as doenças cardiovasculares, a principal é a aterosclerose, que provoca deposição de gordura e entupimento de artérias do corpo humano, causando o infarto do miocárdio e o acidente vascular cerebral (derrame), além da insuficiência renal e a doença vascular periférica, entre outras. Para o aparecimento da doença é necessária a presença de fatores de risco, como tabagismo, obesidade, hipertensão arterial, colesterol elevado e diabetes. “Se controlarmos os fatores de risco, e a isto aliarmos uma vida saudável, com alimentação regrada (não significa sem sabor) e exercícios adequados, reduziremos em 90% o risco do aparecimento do infarto”, finaliza Dr. Jardim.


Informações para a imprensa:
Target Estratégia em Comunicação
Assessoria de Imprensa do HCor – Hospital do Coração
Bruno Folli/ Thaís Souzza/ Ricardo Costa/ Karina Klinger
Tel: (11) 3063-0477
bruno@targetsp.com.br / thais@targetsp.com.br / ricardo@targetsp.com.br/ karina@targetsp.com.br

Compartilhar
Sala de imprensa Target
Empresa TARGET ASSESSORIA DE COMUNIC. S/C LTDA.
Contato Ricardo Costa
E-mail ricardo@targetsp.com.br Fone (011) 30630477
Editoria (s) Saúde
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
Não há Conteúdos relacionados.
Não há Tag's relacionadas.
busca avançada
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Gestor
Monitor
Ao Vivo
Conhecimentos
Prêmios
Crises
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta