Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Ferramenta Local MailingNet Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | De León Comunicações | 02/07/2013 11:19:36 | 238 Acessos
Quais são os direitos do trabalhador em relação às horas extras?
Advogada do Grupo Sage, Milena Sanches, explica que empregador não poderá exigir do empregado mais de duas horas extras por dia

Na Justiça do Trabalho, as horas extras são as recordistas de ações. O direito previsto no inciso XVI do artigo 7º da Constituição Federal de 1988 e no artigo 59 da Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT é reclamado por empregados que reivindicam as horas trabalhadas que não são quitadas pelos empregadores.


A advogada trabalhista da IOB FOLHAMATIC EBS, uma empresa do Grupo Sage, Milena Sanches, explica que, todo empregado contratado pelo regime celetista tem direito ao pagamento de hora extra com acréscimo de, no mínimo, 50%. Podem ser fixadas percentagens maiores para determinadas categorias de trabalhadores, por força de acordo, convenção, ou dissídio coletivo do respectivo sindicato, ou ainda por livre acordo entre empregado/empregador. “As horas extras são devidas toda vez que o empregado exercer sua atividade profissional além de sua jornada normal de trabalho sem qualquer tipo de compensação. O benefício também é garantido quando a pessoa trabalha no horário destinado ao intervalo, como a hora de almoço, por exemplo”, esclarece a especialista.


Milena lembra que é vedado o trabalho nos dias de repouso. “Contudo, é garantida a remuneração respectiva, excetuados os casos em que a execução dos serviços seja imposta pelas exigências técnicas das empresas”, afirma a advogada. “Exigências técnicas são aquelas que, em razão do interesse público, ou pelas condições peculiares às atividades da empresa, tornam indispensável a continuidade do trabalho em todos ou alguns dos respectivos serviços”.


O trabalho realizado em dia destinado ao repouso, desde que não determinado outro dia de folga, deve ser pago em dobro. “A dobra se aplica às horas trabalhadas no dia destinado ao descanso, independentemente do valor do repouso semanal remunerado, legalmente já assegurado no salário do empregado. Sendo assim, serão pagas em dobro as horas efetivamente trabalhadas no dia de repouso, sem prejuízo do valor do repouso semanal remunerado, a ser pago juntamente com o salário do empregado”, salienta a especialista do Grupo Sage.


De acordo com Milena, é comum os empregados questionarem se podem recusar um trabalho nos horários que ultrapassam o expediente. “Em princípio, os empregados não podem deixar de fazer a hora extra, se elas estiverem previstas em acordo escrito ou contrato coletivo de trabalho”. Contudo, o artigo 59 da CLT determina que o empregador não poderá exigir do empregado mais de duas horas extras por dia. “Caso o empregador estabeleça que o empregado tenha que fazer uma jornada extraordinária maior que a autorizada pela legislação, isso não será possível. “Caso contrário, ensejará autuação da fiscalização quando de sua visita”.


Vale lembrar que a jornada estabelecida em lei pela Constituição Federal, em seu artigo 7º, determina oito horas diárias e 44 horas semanais. Este é o limite máximo para o trabalho normal. No entanto, algumas profissões têm cargas horárias diferenciadas, como os telemarketings, telefonistas e bancários, que trabalham seis horas por dia, por exemplo. A jornada dos cirurgiões-médicos é de quatro horas diárias e os jornalistas trabalham cinco ou sete horas diariamente. Segundo Milena Sanches, o exercício das chamadas profissões regulamentadas é determinado por leis específicas. “Além da CLT, a fonte mais rápida de informação é o sindicato da categoria profissional”.


Algumas empresas preferem, por força de acordo ou convenção coletiva de trabalho, adotar banco de horas em relação às horas extras, tornando a jornada de trabalho para os funcionários mais flexível. Legalmente reconhecido no final da década de 1990, o empregado que trabalha submetido ao regime de banco de horas deve realizar uma quantidade a mais de horas e compensá-las em outro dia. “Nesse caso, as horas trabalhadas podem ser compensadas em qualquer período, de maneira que não exceda, no período máximo de um ano, à soma das jornadas semanais de trabalho previstas, nem seja ultrapassado o limite máximo de 10 horas diárias, explica Milena.


Cálculo
Para calcular a hora extra, o empregado deve conhecer, primeiramente, o valor de sua hora trabalhada, ou seja, o seu salário-hora. A base mensal em horas, no caso de jornadas de 44 horas, é 220. No caso de jornadas de 40 horas, a base é 200 e assim sucessivamente.

As horas assim trabalhadas são remuneradas com adicional mínimo de 50% sobre o valor da hora normal. Portanto: um empregado com salário-hora de R$ 6,40 faz jus a R$ 9,60 por hora extraordinária (R$ 6,40 x 1,50 = R$ 9,60).

Compartilhar
Sala de imprensa De León Comunicações
Empresa DE LEÓN COMUNICAÇÕES S/C LTDA
Contato Daniel
E-mail daniel@deleon.com.br Fone (11) 50174090
Editoria (s) Trabalho, Jurídica
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
realiza SELETIVO ESPECIALIZAÇÃO DESIGN PROJETO APROVA
regras DEBATIDO ANTIBIÓTICO ORGANIZAÇÃO QUALIDADE TOMAM
Centro VI PALMARES INTERNACIONAL FOCO PESQUISA
APOSTA INSTITUIÇÃO METODISTA FAZENDA TRANSPORTE PROVISÓRIA
CAPACITAÇÃO SANDOZ CAFÉ LOGÍSTICA PÓS-GRADUAÇÃO PLANO
PROMOVE ALUNA GRANDES NUTRICIONAL ALTO BRASILEIRO
UNIVERSIDADE CONTINUA CONDUÇÃO PAIS MATEMÁTICA COMBATE
GARANTE ÓTIMAS RENOVÁVEIS OBRAS PROPAGANDA REASSUME
CONQUISTA COMBATER COLOCAÇÕES SANTA MANDELA LANÇA
SECRETÁRIA OFERECERÁ VOLTA ECONOMIA MÊS MELHORES
FINALISTA UNIDAS INSCRIÇÕES MONTAM Alegre PARTICIPA
REFORÇO RETA DOMINGO DESESTÍMULO anos POLICIAL
RJ PROCESSAMENTO JUIZES MORTALIDADE polêmicas PRAZO
FALA EXPOSIÇÕES SOCIALMENTE GOVERNO superdicas FERNANDO
PARTIDA ACESSO ASSUNTOS PRÊMIO finados DICAS
EVENTOS QUESTÕES CIDADANIA CONTROLE observa AUTOBAN
PORTUGUESA PIMENTEL RÁDIOS ARRASE Academy CORTE
TÍTULOS UNICAMP TEMPO CASA condenado CARREIRA
PAVIMENTO VALEO ESCOLA ESPECIAL CONTEC ANUNCIA
UFSCAR EMISSORAS KHAN CONGRESSO SuperVia MARIA
REALIZAM POSSUI OUTUBRO CULTURA Brickmann FÓRUM
IMOBILIÁRIO SUMARÉ FISIOTERAPIA CRIATIVA SISEM-SP CCR
CLARO JUDAS CACHOEIRAS PODEROSAS autuam MÃO
REFORÇA FLORES PARCERIAS EVENTO atentas PROGRAMA
ESPM UNIVERSIDADES BOSQUE TRABALHADORES ESALQ MIL
FORMALIZA FUTURO OLIVIA HISTÓRIA Socioeconômico EDUCAÇÃO
RECURSOS PSA RESPONSÁVEL USO autorizar MINISTÉRIO
CRIAÇÃO ENCERRA POEMA AM wordpress BRASIL
BOLSA FORNECE AMBIENTAL EMPREENDEDORISMO Salmonella FEIRA
PRÁTICAS FAPESP GESTÃO APL Capril INFANTIL
TERMINA EDUCOMUNICAÇÃO CONDENAÇÃO EMPRESAS degradantes ENCHENTES
INSCRIÇÃO LÍNGUA PADRÃO BERNARDO Hipoderme Chapina
ESTUDO LERNER PREVIDENCIÁRIO SIMPLES Secom Alcazar
CIRURGIA TRABALHO CIÊNCIA PORTO MINICOM Pesada
VEICULAÇÃO ADICIONAIS MATÃO SANTANDER Macacu modifica
MUNICIPAL BRITTO TV CIDADES Zoetis agrário
MESTRADO OLIMPÍADAS ORGANIZAREM ADMINISTRAÇÃO Safran Rossetto
LUGARES DISCIPLINA INVESTIMENTOS SP Guapimirim FecomercioSP
SENADO PRIVADOS SAÚDE FRANCISCO TJDFT súditos
PANORAMA TREVO AGENTES VALENTE Macuco BELO
NELSON GRAÇA PALESTRA OLIMPÍADA Walterci PARTICIPAM
NECESSIDADE ODED ALTERA IMPRENSA UNISOCIESC PLANEJAMENTO
AULAS GRAJEW ANATEL CITROËN Machel ANHANGUERA
NAÇÕES ENTREGUES CONTA ATIVISTAS MINES DESENVOLVIMENTO
EMPOSSA REVISÃO MARÇO RÁDIO ParisTech HORIZONTE
PROCESSO SELO NACIONAL TRIBUTÁRIO Avisulat RIO
DEBATIDOS CDHU PRESIDENTE TURMA submetia PARCERIA
HADDAD REGULATÓRIO SOROCABA GESTANTE castanhas-do-brasil DIREITO
CONDIÇÕES PESQUISADORA QUATRO REDAÇÃO livramos APROVADAS
FINALISTAS EDUFSCAR ESCREVENDO VESTIBULAR COMPLETA CURSO
GÊNERO FÊNIX VIÚVA CADASTRO CONSELHO PAULO
PUC-CAMPINAS FRANKFURT DIA PEUGEOT SUPERIOR LIVRO
MORADIAS SETOR MERCADO AUTOMATIZADA JOSÉ ESTUDANTES
LIBERADOS JAIME TST CAMPUS ENEM FEDERAL
TRAÇA MIGRAÇÃO DEFESA INFRAESTRUTURA APOIA FINAL
KM FLAMENGO MELHORIA NEGÓCIOS INICIATIVA SEMINÁRIO
INÉDITO MANTÉM MUNDO SUSTENTÁVEIS MIGUEL CONTAS
MELO JUSTIÇA QUEIJOS JARDIM PEQUENOS TCE-RJ
GREENPEACE CARLOS
busca avançada
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Gestor
Monitor
Ao Vivo
Conhecimentos
Prêmios
Crises
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta